FOTO DE CAPA

Foto de Capa
Barra de Punaú - por Arilza Soares

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

TABUS, CRENÇAS E COSTUMES ALIMENTARES DO RN

                                         
O livro "História da Gastronomia do Rio Grande do Norte" da seridoense Maria Marluce Gomes, é um convite a uma viagem deliciosa pelos costumes e tradições alimentares do povo do sertão. São poucos os registros sobre o assunto, mas Marluce soube de uma maneira simples resgatar nossas tradições e nos presentear com uma leitura tão deliciosa quanto as receitas que nos oferece.
Esse livro é segundo a autora, de caráter antropológico e teve o objetivo de registrar, através da história, desde o tempo da colonização, a origem de várias receitas, ainda hoje utilizadas, como da carne de sol e dos queijos do Seridó.
     


                                     
Uma curiosidade identificada por Marluce Gomes é que a salada de frutas foi utilizada pela primeira vez, no Brasil, aqui no Rio Grande do Norte. De acordo com suas pesquisas, esse alimento tão comum em todo o país foi introduzido pelo governador Alberto Maranhão, entre os anos de 1910 e 1914.


                                              


Mas é quando a autora fala das crendices e tabus alimentares que mais me identifiquei. Apesar de ter nascido e me criado  litoral sou filha e neta de sertanejos. Quantas e quantas vezes ouvi dos meus avós para "não  misturar leite com manga", "peixe com carne," "não tomar banho depois do almoço," "não  chupar laranja ou limão se estivesse naqueles dias!"...
Hoje muito dessas crendices desapareceram, outras no entanto, continuam no imaginário popular do nosso povo. Transcrevo a seguir, algumas dessas crendices e costumes relatadas por Marluce, e algumas mais que ouvi ao longo da minha vida.


       CRENDICES E TABUS E COSTUMES ALIMENTARES


  • Fruta de manhã é ouro / de tarde prata / de noite mata;
  • melancia quente dá inflamação na garganta;
  • pitomba dá entupimento;
  • laranja provocam ferida na boca;
  • umbu provoca diarreia;
  • comer frutos gêmeos ( principalmente a banana ) é pedir para ter filhos gêmeos;
  • para uma fruta não fazer mal coma com farinha!
  • manga com leite é veneno;
  • pinha é fruta reimosa não deve ser comida por quem está com alguma infecção.


  • Galinha é comida para dia de festa ou do domingo;
  • o ditado "estômago de padre é cemitério de galinha" indicava que ao ilustre visitante deveria ser servido galinha;
  • galinha assada é para os dias de cerimônias,as guisadas ou à cabidela para um dia muito especial;
  • mulher de resguardo ( período de 40 dias após o parto) deve se alimentar basicamente de galinha caipira;
  • caldo de galinha é para doente ou convalescente;
  • canja de galinha é para mulher parida.


  • Comer carne e misturar com peixe cresce as orelhas;
  • comer açúcar dá lombriga;
  • comidas requentadas ofende, faz mal;
  • comer muito queijo ataca a memória;
  • muita manteiga diminui a inteligência;
  • farinha seca,dá dor no fígado e incha a barriga;
  • quem bebe depressa engole vento;
  • tomar banho depois do almoço faz mal;
  • quem come nu ofende ao anjo da guarda;
  • derramar sal é de mal agouro;
  • beber do resto do copo de alguém ( sobejo) faz ficar sabendo dos segredos dessa pessoa;
  • cair farinha no chão é sinal de fartura;
  • moça solteira não senta na cabeceira da mesa para não ficar no caritó;
  • cozinhar com pouca roupa faz a comida esturricar;
  • a penela só deve ser mexida por uma só pessoa para não tirar o sabor." panela que muitos mexem ou sai insossa ou salgada"
  • em dias chuvosos caldo não engrossa;
  • mulher menstruada, se bater bolo o mesmo não cresce;chá é remédio de doente.


  • Não se urina ou cospe no fogo, para não secar a urina ou ficar tuberculoso;
  • não jogar cabelos ao fogo para seu dono não enlouquecer;
  • fogo aceso com papel tira o gosto da comida;
  • dizer palavrão ou espraguejar acendendo fogo, o demônio vem ajudar.
                                                                   
                                                                                 
  • Alho machucado posto na cárie de um dente alivia a dor,serve de analgésico;
  • friccionado sobre os pulmões é bom para tosse;
  • posto no sereno, depois picado e polvilhado com açúcar é usado como calmante para tosse;
  • o odor afasta mau olhado e perigos ocultos.É um amuleto natural.



Fontes:

  • Maria Marluce Gomes - História da Gastronomia do RN - Editora Alternativa -Natal-2004
  • Câmara Cascudo -Superstição no Brasil - Editora global-2002
  • Angelita Soares da Silva -Explosão da memória -Expressões Ditos e Contos - Natal/RN -201
Fotos:
  • Imagens Google
  • Edição de Imagens: Programa Pic-Nic- Yahoo/BR



4 comentários:

  1. Conheço pouquíssimos, vivendo e aprendendo... Aprendendo a não aprender!
    Até mesmo em um dos que conheço, me surpreendi: frutas gêmeas... filhos gêmeos! OK! Mas bananas? Nunca vi gêmeas! Vivendo e aprendendo...

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Para o nutricionista é importante compreender os mitos, tabus e crenças alimentares. A visão social, cultural e antropológica do alimento amplia as dimensões do conhecimento no campo da Nutrição.
    Maria Camargo - Volta Redonda/RJ

    ResponderExcluir
  3. algumas dessas crendices são de origem judaica

    ResponderExcluir
  4. algumas dessas crendices são de origem judaica

    ResponderExcluir