FOTO DE CAPA

Foto de Capa
Barra de Punaú - por Arilza Soares

terça-feira, 20 de agosto de 2013

OBA!! VAMOS BRINCAR DE QUE: PERNAS DE PAU? - PÉS DE LATA? - PÉS DE QUENGA?





      - Hoje tem espetáculo?- Tem, sim sinhô!  
     - Às oito horas da noite? - É sim senhor.!
- Arrocha negrada! ...


Era assim, na minha infância,  que se anunciava a chegada de um circo na cidade. Quem fazia a divulgação do espetáculo era um palhaço, que em cima de uma "perna de pau"  percorrendo as ruas dos bairros com um megafone na mão anunciando a boa nova. É lógico que o circo era  a atração maior, mas a garotada da rua vibrava com os malabarismos que o palhaço fazia montado naquelas pernas. No dia seguinte não dava outra! Os meninos iam todos pra rua, munidos com "pernas de pau" improvisadas, feitas com cabos de vassoura, prontos para uma maratona de competições. O circo ficava pra trás, ou para quem tinha dinheiro para comprar o ingresso...



ORIGEM DA PERNA DE PAU


      Detalhe da Pintura  "O Velho"  
    de Pieter Bruegel (1560)



A origem das "pernas de pau" é remota. Povos antigos, de várias partes do mundo já as usavas, na maioria das vezes como instrumento de trabalho. 
Na França os pastores delas se utilizavam para   terem uma visão melhor do seu rebanho, para atravessar terrenos alagadiços ou mesmo para colher frutos em árvores altas. Durante os festejos, nas danças, desfiles ou nos combates era comum os participantes usarem as pernas de pau.Na Espanha, até o final do século passado eram realizadas "corridas" nas quais as pessoas enfrentavam touros usando perna de pau. Na África, os pernas de pau representavam divindades em cerimônias tribal e  ritos de iniciação.
Embora sejam hoje mais conhecidas como divertimento, usadas por crianças e adultos, em todas as partes do mundo, as pernas de pau tornaram-se populares graças sobretudo a sua grande utilidade como instrumento de trabalho nas festas populares, no carnaval, no mundo circense.



BRINCANDO COM PERNAS DE PAU

1 - COMO FAZER 



                                                   VÍDEO: OFICINA DE CASA



O vídeo acima ensina a fazer a perna de pau de um jeito mais profissional. Mas pode-se fazer de forma mais simples, usando duas ripas de madeira ou dois cabos de vassoura. É só pregar em cada um um pequeno taco, em altura igual, que sirva de apoio para o pé. 



                     http://pt.wikihow.com/Fazer-Pernas-de-Pau-para-Iniciantes


O Site Wikihow dá as dicas, passo a passo, de como fazer pernas de pau para iniciantes.Clique no link acima e acesse o Site para ver as dicas completas, criadas por "Traduções WikiHow".



2 - COMO BRINCAR





No início é aconselhável ficar marchando no mesmo lugar, por um tempo, até adquirir equilíbrio. Uma dica importante: a madeira deve ficar bem junto á perna, para evitar quedas. Em caso de desequilíbrio, deve-se cair para frente, usando as mãos para amortecer a queda. Quando conseguir o equilíbrio sobre as pernas tente andar para frente, de ré e até pulando numa perna só. Uma vez craque, dominando por completo o aparelho, desafie amigos para uma corrida.




BRINCANDO COM PÉS DE LATA






Andar se equibrando em latas de leite, era comum entre os meninos em Natal, na década 50. A brincadeira veio junto com a popularização do leite em pó, quando as latas vazias passaram a ser disputadas entre as crianças. Antes, o consumo do leite era mais  "in natura" vendido em garrafas, pelo menos nos bairros periféricos da cidade.





1 - COMO FAZER





Você vai precisar de:
  1. Duas latas vazias de leite em pó ou achocolatado
  2. 1,5m de fio corda (de náilon ou sisal) ou  barbante.
  3. Tinta ou retalhos de plástico par decorar
  4. Martelo e um prego grande para furar a lata
  5. Cola e tesoura

Faça dois furos diametralmente opostos no fundo de uma lata de achocolatado ou leite em pó.
Passe a corda pelos furos da lata e una as extremidades com um nó bem forte dentro do recipiente.
Coloque a tampa e decore com retalhos de plástico adesivo ou tinta. Faça o mesmo com outra lata.



2 - COMO BRINCAR






A criança sobe na lata e tenta se equilibrar segurando nas cordas. Treinar bastante esse equilíbrio, andando de um lado paran o outro até sentir segurança. Depois é só brincar apostando uma corrida com um amigo. Iniciar a brincadeira com uma corrida simples e depois complexificá-la traçando um percurso com obstáculos.



BRINCANDO COM PÉS DE QUENGA




Entre outras brincadeiras de rua, andar de   "pé de quenga" era uma das mais populares entre a meninada do meu bairro. Entenda-se por "quenga"  uma das bandas do coco seco, quando esse é quebrado ao meio.





  BRINCANDO COM PÉS DE QUENGA
  
1 - COMO FAZER




A brincadeira assemelha-se com a de "andar de pé lata, não só na maneira de brincar, como de a de construir o brinquedo. Para isso limpam-se duas quengas, e com um prego furam-se  a parte superior das mesmas. Depois é só colocar um barbante resistente, ou corda fina de sisal e dá num nó bem forte.


2 - COMO BRINCAR

Pé de quenga ou Pé de avalo


Para usar, coloca-se a parte aberta voltada para o chão, estica-se bem a corda até a altura das mãos, e calça-se como se fossem "chinelos de dedos". Agora é só caminhar.
Em alguns lugares do Nordeste, a brincadeIra recebe o nome de "pé de cavalo" por causa do som que o brinquedo faz quando bate no chão duro.



FONTES:

  • Pesquisas Google:
  1. http://wwwluizalberto.com/enxugando gelo-jose-de-oliveira-ramos/perna-de-pau-e-pe-de-quenga
  2. http://territóriodobrincar.com.br/brinquedos-e-brincadeiras/pe-de-cavalo-de-quenga
  3. http://www.casadobrincar.com.br/site/fui-eu-que-fiz-pes-de-lata/
  4. http://pt.wikihow.com/Fazert-Pernas-de-Pau-para-Iniciantes
  5. http://pt.wikipedia.org/wiki/Perna_de_pau
  • Depoimentos de Lourdes Estevão - Da Gramame na Paraíba.
FOTOS:

  • Imagens disponíveis no Google
  • Acervo do Site Terrítório do Brincar - Brinquedos e Bincadeiras 
  • Ficheiro do Wikipedia


EDIÇÃO DE FOTOS:
  •  Site Pic Monkey

VÍDEO:

  • Publicado no You Tube por Oficina de Casa em 18/05/20





2 comentários:

  1. Essa postagem é dedicada a Lourdes Estevão. uma paraibana arretada que trabalha na minha casa. Suas lembranças das brincadeiras de infância passadas em Gramame cidade da Paraíba, me ajudaram e muito fazer essa postagem. Obrigada Lourdes! Pessoas como você só engrandece o nosso Nordeste!

    ResponderExcluir
  2. Sou saudosista . Adoro ler sobre essas brincadeiras do passado, tão saudáveis.

    ResponderExcluir