FOTO DE CAPA

Foto de Capa
Barra de Punaú - por Arilza Soares

papjerimum.blogspot.com.br

SEJA BEM VINDO AO VENTO NORDESTE!

Seguidores

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

PRAIA DE CAJUEIRO- LITORAL NORTE DO RN - A TRANQUILIDADE DE UM RECANTO QUE AGRADA E ENCANTA





Estive recentemente na Praia de Cajueiro, no Litoral Norte do Estado. Confesso que fiquei sem saber dizer o que mais gostei: se da casa a beira mar, com aquele varandão enorme que mais parece um mirante a descortinar aquele mar sem fim, ou se da tranquilidade do ambiente da praia, sem vendedores ambulantes, sem barracas, ou barzinhos, onde o único movimento percebido além do vento balançando as palhas dos coqueiros, é o da chegada dos pescadores com suas jangadas de velas coloridas abarrotadas de peixes.




Mas com certeza foi a hospitalidade dos donos da casa, Juca e Lula, a companhia de Evangelina, Arildo, Isolda, Ivone e Marquito, amigos queridos de longa data, responsáveis pela alegria dos momentos que passamos junto. Ah! não posso esquecer das refeições fartas e deliciosas, principalmente do pirão de peixe e do melhor cuscuz no leite de coco que já experimentei, ambos preparados pelas mãos divinas de dona Nair. Tudo isso sem falar nas rodadas de "buraco" à noite, com duas mesas distintas, formadas pela primeira e segunda divisão no jogo, com direito a sorvete de abacate e muita pitomba. Inesquecível! 






A praia do Cajueiro tem uma paisagem que encanta. Ao sul da orla, a bela imagem do "Farol do Calcanhar" desponta por trás de arbustos e coqueiros. Ao norte a praia exibe  gigantescas pedras negras sobre a areia batida. As casas de veraneio construídas à beira mar, cercada de coqueiros, felizmente não tiraram  a beleza da praia, que ainda se apresenta com um ar de "colônia de pescadores". Barcos e jangadas completam o belo cenário de Cajueiro, que ainda conta com dunas brancas cobertas de vegetação, que são vistas por trás das casas.





Na segunda metade do século XIX, um belo cajueiro, utilizado como sombreiro por aqueles que esperavam as jangadas carregadas de peixes, provenientes do alto-mar, tornou-se atração na deserta praia chamada "São Francisco de Touros". Com o tempo o nome original foi esquecido e o local passou a ser conhecido como "praia do Cajueiro". Vale lembrar que esse velho cajueiro que deu nome à praia, já não existe; foi devastado pelo avanço do mar.





Lá pelos idos de 1870, habitantes da Lagoa do Coelho, resolveram emigrar para o norte, e encontraram  o local que procuram onde já existia um pequeno povoamento junto do cajueiro à beira-mar. Com ajuda de José Rosa, ergueram-se varias coberturas  de palha ( palhais) para acomodar os emigrantes. Em1930 o local contava com 559 habitantes, segundo registros encontrados na época. Na segunda metade do século XIX, já era evidente o crescimento do povoado que se firmava como local pesqueiro e hospitaleiro. Atualmente  cajueiro tem aproximadamente 3.000 habitantes e é importante ponto para a pesca da lagosta do estado. Está localizada no Município de Touros, distante de Natal 99km, com acesso pela BR-101. A Praia de Cajueiro de mar aberto e ondas altas, é muito propícia à pratica do Surf. A comunidade cajueirense sempre muito tranquila, acostumou-se a ver  agitação durante a festa de São Sebastião, padroeiro do lugar, pela presença de surfistas que "invadem" a praia para a realização do campeonato de surf amador -  o Fest Surf.


               O FESTIVAL DE SURF AMADOR



O Festival Litoral Norte de Surf Amador - O Fest Surf, é um evento tradicional, realizado durante a festa do padroeiro São Sebastião, como uma forma de incrementar a data. A ideia de se promover um campeonato de surf com inscrições à base de alimentos não perecíveis para os atletas locais, foi aceita pela  prefeitura e, com o apoio de mais alguns empresários, foi realizado  o primeiro evento em janeiro de 1996.
Esse ano o  XVI Fest Surf  foi  realizado  dia 20 a 22 de janeiro e  prestou uma homenagem ao atleta  Joca Jr., um dos campeões brasileiros que mais nos trouxe títulos. 


           OUTRAS IMAGENS DA PRAIA DE CAJUEIRO


  1 -  Os  Coqueiros




2 - As Jangadas 




3 - As Pedras



4 - As Dunas



Foto de Dado Gomes


FONTES:

  • Praias Potiguares- Miguel Dantas - Natal Editora- 2001
  • Site de divulgação do Festsurf - Prefeitura de Touros-RN

FOTOS:

  •  Imagens Google
  •  Acervo do Vento Nordeste
  •  Acervo pessoal de Dado Gomes



4 comentários:

  1. Querida Arilza: gostei muito de sua postagem sobre Cajueiro!
    De Izolda Fernandes via e-mail.

    ResponderExcluir
  2. ola,meu nome e ricardo sou de cajueiro de uma das familias mas antigas da rejiao.moro no rio de janeiro a cerca de 20 anos. sao 20 anos de saudades de todos da regiao e de tudo. amo muito essas praias sao lindas de verdade,e fica aqui um convite a todos que ainda nao conhece vale apena.um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  3. Lindo,onde descanso todas as ferias e finais de semana.

    ResponderExcluir
  4. Ola , meu nome wellington sempre quando posso estou neste lugar maravilhoso de paz e sossego com estas praias lindas e maravilhosa e com este povo hospitaleiro e amigo um abraço a todos .

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...