FOTO DE CAPA

Foto de Capa
Barra de Punaú - por Arilza Soares

papjerimum.blogspot.com.br

SEJA BEM VINDO AO VENTO NORDESTE!

Seguidores

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

MATERNIDADE ESCOLA JANUÁRIO CICCO - BERÇO DE MUITOS POTIGUARES




Berço de muitos potiguares, o belíssimo casarão onde funciona a Maternidade Escola Januário Cicco, antiga Maternidade de Natal, teve sua construção iniciada em janeiro de 1932. O terreno foi doado pelo então prefeito O'Grady mas a inauguração só ocorreu em 12 de fevereiro de 1950. No início da década de 40 a Maternidade já estava pronta para funcionar, mas durante a Segunda Guerra Mundial foi ocupada como "Quartel General das Forças Aliadas e Hospital de Campanha".
Com o final da guerra e após intensa campanha, Januário Cicco conseguiu retomar o prédio, restaurá-lo colocá-lo para funcionar.













De características neoclássicas, de elevado valor arquitetônico e histórico, a Maternidade Januário Cicco, como é conhecida pelos natalenses, é uma das raras exceções, nesta cidade, de uma construção que permanece até  os dias atuais desenvolvendo as atividades para as quais foi planejada. Hoje a Maternidade Escola é referência na cidade e funciona como campo de pesquisa, ensino e aplicação prática dessa área de saúde, além de prestar atendimento a população pobre.






A história da primeira maternidade de Natal tem um nome, um idealizador. O médico, escritor e humanista, Januário Cicco, nascido em São José de Mipibu, em  30 de abril de 1881. Falecido em 1952, Januário Cicco foi um pioneiro da Medicina Social.  Seu legado para a Medicina potiguar é incalculável! A Maternidade surgiu graças ao sonho desse homem e as  frequentes campanhas públicas, festas, desfiles, quermesses, sorteios e  rifas para arrecadar dinheiro para a sua construção. Além do seu grande envolvimento com a área de saúde, Januário Cicco escreveu importantes obras científicas e literárias, como " O Destino dos Cadáveres" (1906) "Como se Higienizaria Natal" (1920) " Memórias de um Médico de Província" ( 1928) e "Eutanásia" (!932).
Em  primeiro de novembro de 1952, vítima de um ataque cardíaco, morre o fundador da Saúde Pública do RN




Não poderia terminar essa postagem sem falar da música " Maternidade Januário Cicco" do compositor potiguar, Alínio Rosa. Ninguém melhor que um músico-poeta para prestar uma homenagem tão bonita ao lugar que o viu nascer.
             
             Maternidade Januário Cicco
                         Letra da Música     


                                                Compositor: Alínio Rosa

Dentro da Maternidade Januário Cicco
Quantos filhos potiguares ilustres nasceram lá!
Dentro da Maternidade Januário Cicco
Quantos seios que ficaram 
a seus pequeninos amamentar!

A nossa Maternidade Januário Cicco
Em Natal, é como uma grande mãe...
Mãe de mães que lá estiveram
Ou que ainda hão de estar
Para poderem bebês gerar
II
A Maternidade Januário Cicco,
 tal como um presépio está,
Permanentemente aguardando
 que haja berços para embalar
E a lembrar a manjedoura 
que serviu Maria, ao nascer Jesus
Semelhante minha mãe, 
na Januário Cicco, trouxe à luz,
Um menino que hoje vem
Uma canção oferecer
Ao lugar que um dia o viu nascer.


 FONTES:
Site - "Natal de Ontem"
Livro " Por amor a Natal - Poesia, história e Arte"- Severino Vicente -Ed. RN/Econômico-2010

 FOTOS: Imagens Google
VÍDEO: Enviado por Arilza Soares


4 comentários:

  1. Marilda Nascimento
    Arilza, eu tenho o maior orgulho e prazer em dizer que nasci na Maternidade Januário Cicco, em 26 de abril de 1954. Bela homenagem, que vc fez, muito merecida, obrigada pela parte que me toca rsrsrsrs bju
    Arilza Pereira
    Privilégio seu! Eu sou bem mais velha, não tive esse prazer!
    há 2 segundos no Facebook

    ResponderExcluir
  2. Aldenize Reis
    Eu nasci nessa maternidadeeeeeeeeeeeee!!!!
    há 37 minutos ·no Facebook

    ResponderExcluir
  3. Aldenize Reis via Arilza Pereira

    Januário Cicco a maternidade onde eu nasci!!!!!!! Emoção!!!!

    Ademílton Santhos Já nasceu numa escola?!?! rsrsrs

    Arilza Pereira É mesmo Ademilton.Predestinada!

    ResponderExcluir
  4. elizabete de Medeiros19 de fevereiro de 2014 17:32

    Fico feliz de ter nascido nesta maternidade em 23 de março de 54

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...