FOTO DE CAPA

Foto de Capa
Barra de Punaú - por Arilza Soares

papjerimum.blogspot.com.br

SEJA BEM VINDO AO VENTO NORDESTE!

Seguidores

terça-feira, 19 de março de 2013

MAXIXES E MAXIXADAS - CINCO DELICIOSAS RECEITAS BEM NORDESTINAS






Tem quem não goste, mas eu adoro maxixe! Na casa da minha mãe até hoje o maxixe faz parte da cardápio. Lá, não  se faz um bom cozido sem maxixe. E no feijão com legumes preparado por Dona Angelita, o maxixe também é peça fundamental. Mas, fui conhecer outras formas de preparar o maxixe viajando por esse sertão nordestino."Qual a casa de um típico sertanejo que já não tenha preparado "maxixe com carne de sol?" Pergunta a escritora/pesquisadora  Marlice Nunes no seu livro sobre "História da Gastronomia do Rio Grande do Norte". Segundo a autora, ela encontrou registros desse prato em todas as regiões que pesquisou. "Ensopadinho de maxixe", "maxixe com coco" "maxixe com charque", maxixada nordestina" e ate "maxixe recheado" são pratos deliciosos preparados com esse legume tão rico de nutrientes.






O maxixeiro é uma planta rasteira, da família das Cucurbitáceas, como as abóboras, o pepino, o melão. É ótima para ser plantada em solo de clima quente ou para ser conduzida em cercas. Super produtiva, rústica, seus frutos com em média 5cms, tem casca verde, são ovalados e possuem espinhos moles, não pontiagudos, com sementes achatadas. De origem africana, o maxixe foi introduzido no Brasil pelos escravos, e já na época do Brasil  colônia, era um ingrediente típico da culinária no Nordeste, onde é largamente consumido. 






De baixo valor calórico o maxixe contém cálcio, e outros minerais como o fósforo, ferro, sódio e magnésio que servem para manter o equilíbrio dos líquidos corporais e auxikiar na contração muscular. Possui também vitaminas A, C e do complexo B, além de ser boa fonte de zinco, mineral muito importante para o funcionamento dos tecidos do corpo. Como elemento fitoterápico é indicado para evitar problemas na próstata, na diminuição dos índices de colesterol, na cicatrização de ferimentos internos e externos.









Ao comprar maxixes escolha os frutos firmes, com cor uniforme e espinhos inteiros. Evite frutos amarelados, que por serem mais velhos tornam-se fibrosos com sementes duras e sabor alterado.
Em temperatura ambiente, os frutos murcham e amarelam rapidamente, podendo nser mantidos no máximo por três dias, sem que ele perca a qualidade. Na geladeira, devem ser colocados na parte mais baixa, acondicionados em sacos plásticos, até por uma semana. Se houver formação de gotículas de água no interior da embalagem fure o plástico com um garfo.







O maxixe é consumido tradicionalmente na forma cozida ou refogada. Contudo, para aproveitar todos os seus nutrientes, o maxixe deve ser consumido cru, cortado em rodelas, temperado com azeite, limão, cebolinha e pimenta - em forma de salada. Para isso quanto mais verde o maxixe melhor. Se consumido cru o fruto deve ser previamente descascado, raspando o fruto com uma faca ou retirando uma casca bem fina.
O maxixe é  delicioso e nutritivo quando é cozido no caldo do feijão. Também é ótimo para ser usado em conservas e  picles.



 MAXIXES E MAXIXADAS 
CINCO RECEITAS BEM NORDESTINAS








1 - ENSOPADINHO DE MAXIXE



INGREDIENTES


  • 6 a 8 maxixes
  • 1/2 cebola pequena picadinha
  • 1 dente de alho
  • 2 colheres de óleo
  • 1 tomate picadinho
  • 1 pimenta dedo de moça picadinha
  • 1 pitada de colorau
  • Coentro e cebolinha verde picadinhos
  • Sal a gosto


MODO DE PREPARAR


  • Coloque o óleo em uma panela e deixe dourar o alho e a cebola
  • Junte  a pimenta, o colorau, o  tomate e deixe refogar por uns minutos
  • Acrescente  os maxixes, coloque  água suficiene para cobri-los. cozinhar em fogo médio.
  • Coloque o sal, mexa de vez em quando  até que fiquem macios.
  • Quando estiver quase pronto, um pouco antes de retirar a panela do fogo, acrescente o cheiro verde ( coentro e cebolinha)
  • Sirva com arroz






2 - MAXIXE COM COCO 
(PARA ACOMPANHAMENTO



INGREDIENTES


  •  tigela de maxixe verdoso
  • 1 coco grande
  • 1/2 tigela de cheiro verde (coentro e cebolinha picados)
  • 1 cebola da terra (roxa) picada
  • 2 dentes de alho
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1 pitada de colorau
  • 3 colhers de sopa de nata

MODO DE PREPARAR

  • Lavar os maxixes, raspar e cortar em rodelas.
  •  Raspar o coco e  tirar o leite grosso. Reservar.
  • Colocar os maxixes em uma panela com pouca água fervendo e todos os temperos: cozinhar em fogo baixo. Quando estiverem cozidos, provar o sal e retirar a panela do fogo
  • Depois de cozidos, ou quase seco, colocar o leite de coco, a nata e o cheiro verde.
  • levar ao fogo baixo para dar mais uma fervura.
  • Se quiser acrescente queijo de coalho.
  •  Servir quente.






3 - MAXIXE COM CARNE DE SOL




INGREDIENTES


  • 1 kg de Carne de Sol
  • 1/2 kg de maxixe
  • 2 dentes de alho socados
  • 1 cebola roxa grande cortada em cubinhos
  • 1 colher de sobremesa de colorau
  • 2 tomates cortado em cubinhos
  • 1 pimentão cortado também cotado em cuhinhos
  • 1 ramo de coentro
  • 3 colheres de sopa de nata



MODO DE PREPARAR



  • Limpam-se bem os maxixes e reservam-se.
  • Corta- se a carne de sol em cubos (que já deve estar dessalgada) e tempera-se com o alho, a cebola e o colorau.
  • Leva-se para coxinhar e quando a carne estiver quase macia juntam-se os maxixes para terminarem de cozinhar por igual.
  • Acrescenta-se o tomarte, o pimentão e o coentro.
  • Deixa-se dar mais uma fervura e quando for tirar do fogo junta-se a nata e mexe-se bem.




4 - MAXIXADA NORDESTINA



INGREDIENTES

  • 400 gramas de carne seca
  • 400 gramas de músculo de boi cortado em cubos
  • 1/4 de xícara de chá de  toucinho defumado
  • 3 dentes de alho picado
  • 1/4 de xícara de chá de pimentão picado
  • 1/4 de xícara de chá de cebola picada
  • 1/3 de xícara de chá de tomate picado
  • 2 colheres de sopa de extrato de tomate
  • 1/2 colher de chá de pimenta-do-reino moída
  • 1/2  xícara de chá de hortelã
  • 200 gramas de linguiça calabresa
  • 400 gramas de maxixe cortados em rodelas
  • 1/3 de xícara de chá de camarões secos e descascados
  • Sal a gosto.


MODO DE PREPARAR


  • Deixe a carne seca de molho de um dia para o outro
  • Corte a carne seca em cubos e coloque -os em água fervendo por 10 minutos.
  • Retire a carne da água, junte o músculo, o toucinho, o alho, a cebola, o pimentão, o tomate, o extrato de tomate e leve ao fogo para refogar.
  • Adicione a pimenta-do-reino e o sal, se necessário.
  • Acrescente água suficiente para cobrir a carne e deixe cozinhar
  • Quando a carne estiver quase cozida acrscente a calabresa cortada em rodelas, a hortelã, o maxixe e os camarões.
  • Retire do fogo quando os maxixes estiverem macios e cozidos.
  • Sirva com arroz branco.






          5 - CABRITO COM MAXIXE


INGREDIENTES

  • 1 kg de maxixe
  • 3 kg de cabrito com osso
  • 200 g de toucinho picados
  • 2 cebolas grandes picadas
  • 6 dentes de alho picados
  • 6 galhinhos de hortelã
  • 3 folhinha de cebolinha verde picadas
  • 1 pitada de cominho moído
  • 2 pitadas de pimenta-do-reino moída
  • 1 colher de chá de extrato de tomate
  • 2  folhas de louro
  • 1 xícara de vinagre
  • Sal a gosto


MODO DE PREPARAR

  • Corte a carne em pedaços.
  • Raspe os maxixes, corte-os em cubos e nponha para aferventar em água aquecida temperada com sal por 30 minutos.
  • Prepare um refogado seco com os pedaços de cabrito para extrair parte aquosa das carnes, por 10 minutos.
  • Soque os temperos no sal.
  • Frite o toucinho picado e, quando chegar ao ponto de torresmo, refogue junto com os pedaços de carne, mexendo sempre, por 15 minutos.
  • Acrescente o extrato de tomate, metade do tempero socado, as duas folhas de louro e continue mexendo. Ponha água aquecida, prove o sal e deixe cozinhar por 2 horas, ou o  tempo que julgar necessário.
  • Sirva com arroz branco.

FONTES:
  • História da Gastronomia do Rio Grande do Norte - Maria Marluce Nunes - Editora Alternativa - Natal/2004 
  • Arte e rituais do fazer, do servir e do comer no Rio Grande do Norte - Uma homenagem a Cãmara Cascudo - Editora Senac -Nacional/ 2007.
  • Pesquisas Google - Sites:
  1. http://www.caldeiraodeplantadmedicinais.com - Maxixe- Caldeirão de Plantas Medicinais-Ervas Medicinais.
  2. http://www.ancoc.com.br/receita/cabrito-com-maxixe - Receita de Cabrito com Maxixe - Pulicada na Revista Berro Nº 122 - Associção Norte-Riograndense de Criadores de Ovinos e Caprinos.
  3. http://www.receitascomamor.com/ Receita de Refogado de Maxixe com Coco - Saiba como fazer.

FOTOS:
  • Imagens Google
  • Edição de Fotos - Site Pic Monkey






24 comentários:

  1. Achei maravilhosa a sua receita, levei para a nossa página no facebook, respeitando os direitos autorais, neste link:
    https://www.facebook.com/pages/Cantinho-da-Maturidade/196006563858554

    abraços fraternos

    ResponderExcluir
  2. Acabei de fazer o meu maxixe, com charque, bacon, paio e cheiro verde, e um pouquiho de leite de coco. Delícia, abraços, ah, sou de Recife-PE-Brasil com muito orgulho!!!!

    ResponderExcluir
  3. Na primeira receita (ensopadinho) falta o detalhe de como colocar o coentro...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Roberto pela atenção. Vou acrescentar o que faltou, pode deixar. Fico muito feliz quando as pessoas fazem comentários assim, que só acrescentam, além de comprovar que realmente a postagem foi lida. Obrigada mesmo! E volte sempre ao Vento Nordeste. Um grande abraço - Arilza Soares

      Excluir
  4. Lindo Blog!Parabéns por divulgar nossa cultura.Junte se ao nosso grupo WWW.NORDESTINOSPAULISTANOS.COM

    ResponderExcluir
  5. Fiquei louca pela receita do feijão com legumes

    ResponderExcluir
  6. Sou de Rio Branco ACRE.
    Terminei de fazer meu maxixe uma delicia
    Obrigadooooo.

    ResponderExcluir
  7. Tentei fazer a minha receita com cabrito,não deu certo.
    Não consegui convencer o cabrito a entrar na panela,mas ficou ótimo mesmo sem o bichinho.

    ResponderExcluir
  8. Delícia essas receitas!

    ResponderExcluir
  9. Arilza todas as suas receitas são de ótima qualidade e sabor...gostei ainda mais da forma que você exalto sua origem e isto é muito bom, por exemplo sou Baiano duma cidade chamada Muritiba em razão do numero grande de jaqueiras que havia no passado nós somos conhecidos como papa jaca e me orgulho muito deste apelido...um abraço Paulo César Nascimento

    ResponderExcluir
  10. amo maxixe desde criança,como cru mesmo com uma pitadinha de sal,e muito bom para aquela horinha que bate uma fominha.agora vou experimentar cozido

    ResponderExcluir
  11. Hum..maxixe é otimo...

    ResponderExcluir
  12. Hum... Estou com água na boca com estas receita

    ResponderExcluir
  13. Amo maxixe!! Sempre fiz refogado dele. Fiquei muito feliz em ver outras formas de fazê-lo. Gosto tanto que tenho plantado na minha horta e ele não para de produzir. Bora colher maxixe e fazer um cozido. Obrigada pelas dicas. Vou aproveitá-las todas. Abração.

    ResponderExcluir
  14. Gostaria de receber receitas para usar o melão de São Caetano. É mto amargo. Sou de SC e aqui ele não é mto comum e por isso um ilustre desconhecido. Abr.

    ResponderExcluir
  15. Meu Deus, amo maxixe só não sabia que podia fazer tanta coisa com ele, rsrsrsrsrs......maravilhoso

    ResponderExcluir
  16. Refogado com óleo de dende é divino.

    ResponderExcluir
  17. Maxixe é bom assado no forno com beringela e queijo derretido em cima

    ResponderExcluir
  18. Ganhei o maxixe. Nunca havia comido ou preparado. Para não errar iniciei com o refogado. Que coisa boa !!! Vou testar com óleo de dendê, conforme dica nos comentários.

    ResponderExcluir
  19. Gente....eu nao sabia que se comia maxixe cru.....eu so como no feijao verde e amo e muito gostoso.....mas agora vou comwe cru para experimentar e vou fazet essas duaa primeiraa receitaa que são mais simples....sou péssima na cozinha....so gosto de comer.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...