FOTO DE CAPA

Foto de Capa
Barra de Punaú - por Arilza Soares

papjerimum.blogspot.com.br

SEJA BEM VINDO AO VENTO NORDESTE!

Seguidores

sábado, 21 de janeiro de 2012

PAPO LITERÁRIO - EDI GERMANO - ESCRITORA E POETISA POTIGUAR



Edineide Germano, ou Edi como costuma ser chamada, é uma velha e querida amiga da família desde  criança.Reencontrá-la depois de tanto tempo foi de uma  alegria e de uma emoção indescritível.O Facebook já havia nos aproximado, mas a relação virtual é fria e em nada se compara ao caloroso abraço nordestino, dado ao vivo , carregado de emoções.
Edi saiu de Natal ainda muito jovem, casada e foi morar  no Sul do país.Inicialmente em Florianópolis-SC, depois  mudou-de para a cidade de Santa Maria no Rio Grande do Sul,onde fixou residência,constituiu família e criou seus três filhos (Allan, karla e Raphael).Ali viveu até bem pouco tempo, quando uma fatalidade levou o seu filho Raphael,vítima de um mal súbito. A dor da perda do filho, e as constantes lembranças dele espalhadas pela casa em Santa Maria, a trouxe de volta a Natal.


Amante da natureza e do silêncio, Edi optou por morar numa chácara em Pium, um local paradisíaco cercado de mangabeiras e outras frutas silvestres, muitas flores e animais de estimação.Avó de três netos, Júlio e Sarah que vivem com a filha karla no Rio Grande do Sul e de Sebastian, filho de Allan, residente nos Estados Unidos; Ao lado do marido, Edi busca no contato com a natureza, a harmonia e tranquilidade que precisa para retomar a vida  e mergulhar com dedicação no seu mundo literário.
                             
A ESCRITORA




"O pensamento é uma inesgotável fonte de criação, onde o escritor encontra uma porta aberta de inspirações para a literatura, mergulhado nas suas próprias emoções de amor, de fé, felicidade, tristeza e dor, passando para a escrita o seu estado de espírito"   Edi Germano
                                       

Sua trajetória como escritora começou ainda em Santa Maria -RS, quando começou a escrever sua autobiografia.Com a morte do filho esse livro não chegou a ser concluído. Edi deixou de lado sua autobiografia para escrever um livro dedicado a seu filho,que eternizasse a sua memória.Assim  "O sonho Americano" conta a história de um estudante que deixa sua terra para tentar a vida no Eldorado Americano. A historia do jovem Raphael é real, mas a trajetória vivida pelo jovem estudante pode ser a história de tantos outros que se aventuram na América em busca de um sonho - O Sonho Americano!




A POETISA




"Escrever é transformar sentimento em realidade! Edi Germano
                                                                 

Em "Lilás - Uma Vida em Versos" Edi germano esbanja sensibilidade. Seus poemas  expressam suas emoções, sua filosofia de vida.Escreve sobre o amor,a tristeza, a alegria,a amizade, a morte, com o mesmo lirismo com que fala dos filhos, dos netos, da amizade, da sua origem.
O livro de Poemas Lilás da Edi além de nos proporcionar uma leitura agradável, tem um formato no mínimo curioso: O livro tem páginas em branco lindamente ilustrado com flores, uma das paixões da autora. A ideia do espaço, para a construção de um diário é, segundo a própria autora, o de despertar no leitor a veia literária. 

LILÁSEANDO



Árvore genealógica

Sou cria de matriz forte
Árvore de belo porte
Que de terras áridas produz
Flores, frutos, sol e luz!

Minha matriz tem raiz profunda
Atravessou estradas, divisas e continentes,
Soprando ao vento sementes,
Em margens de rios nascentes!

Sou cria de matriz valente
Sou espécie sobrevivente.
Da chuva, do rio do solo quente.
Sou como pássaro migrante,

Carrego sementes pra solos distantes! 





Pode Ser


Deixa-me embalar
 A fantasia possível
          O despertar de emoções
              O permanecer das paixões
                             Deixa-me falar o que nunca foi dito
     Os abraços desejados
      Dos sonhos roubados, 
       Dos corações sufocado
Deixa-me realizar
     Meus sonhos adiados
               Refazer caminhos cruzados
           Dos projetos inacabados
   Deixa-me despertar
A essência do ser
     A beleza do renascer
Deixa-me buscar
A alegria do meu
       Permanente pode ser!




Mandinga

Me cerquei de proteção
 Depois que li minha mão
   Tomei banho de sal grosso
Para fechar meu corpo
     Plantei espada de São Jorge
    Tentando uma melhor sorte
    Pra me livrar do quebranto
Mas a força do destino
Me manteve peregrino
A vida é uma cilada
Jogo de cartas marcadas
 Reza forte nem mandinga
Vai mudar a minha sina
Para a minha salvação
 Amor, quimera e paixão.



Vida Mutante 
                             
Do meu amor infante
Nasceu minha estrela  cativante
Tão linda e tão distante!
Do meu amor mutante
Veio o sol radiante
De coração viajante!
De uma noite apaixonante
Rasgando o céu em rasante
Nasceu o cometa brilhante
Da terra sigo pensante
Nessas estrelas distantes!




Minha vida em Versos 

De nada me vale paredes sem teto
Arar em terra seca
Semear no deserto
De nada me vale conquistar o descoberto
escutar sem nada ouvir
Acenar na escuridão
De nada me vale concordar com o absurdo
Aplaudir falso discurso
dar as mãos ao acaso
De nada me vale construir sem dividir
Ser humano sem sentir
A razão sem emoção
O amor sem perdão.






Amor  a terra Natal


Quero voltar a ver a imensidão do mar.
Olhar teu sorriso sincero, teu olhar apaixonado!
Quero voltar com você e caminhar,
Ouvir a voz do cantador
Sentindo o cheiro do mar!
Quero voltar me embalando,noite e dia
Com a brisa que acaricia os meus sonhos de menina!
Eu vou voltar pra sentir o teu calor
Me perder e me achar a caminho desse mar!
Eu vou voltar pra nunca mais te deixar
Me entregar ao teu olhar
Deixar o vento nos levar!
Quando eu voltar,vai sesem glórias, sem vitórias
Somente com nossas histórias
Gravadas na minha memória!



FONTE:


  " O Sonho Americano" Edi Germano
      Santa Maria - RS - 200
            "Lilás - Uma vida em Versos"Edi Germano
     Santa Maria -RS - 2008


FOTOS: 
Acervo de Edi Germano
Imagens Google



4 comentários:

  1. Aldenize Reis
    Homenagem bem merecida!!!

    ResponderExcluir
  2. Edi Germano
    Oh my God! que surpresa feliz!
    há 35 minutos no Facebook

    ResponderExcluir
  3. Edi Germano
    Amiga querida obrigada pela linda homenagem! estou hiper-emocionada, acho até que essa belíssima crônica não seria tão bem escrita por um jornalista... ainda dá tempo viu! bjssssssssssssssssssssssssssss

    Arilza Pereira Fico muito feliz de vc ter gostado .Bjos


    Edi Germano vc foi fantástica!
    há 3 minutos ·no Facebook

    ResponderExcluir
  4. Bela homenagem e belas poesias. Um presente para a escritora e para os leitores do blog.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...