FOTO DE CAPA

Foto de Capa
Barra de Punaú - por Arilza Soares

papjerimum.blogspot.com.br

SEJA BEM VINDO AO VENTO NORDESTE!

Seguidores

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

O TUBARÃO PARAOLÍMPICO CLODOALDO SILVA É POTIGUAR - COM MUITO ORGULHO!!





Em tempos de Paraolimpíadas, Vento Nordeste sopra na direção de um conterrâneo ilustre, que nos enche de orgulho - Clodoaldo Silva! Exemplo de superação, determinação e garra, esse potiguar que virou ídolo nacional, reescreveu a história das paraolimpíadas no Brasil, fazendo com que o esporte para deficientes físicos fosse visto com mais respeito e credibilidade. Esse ano chegou a anunciar que deixaria as piscinas, mas está repensando essa decisão e adiá-la para depois da Paraolimpíada no Rio de Janeiro. Abandona agora não Clodoaldo! Deixa nós, pobres mortais, ter mais essa oportunidade de vê-lo brilhar em 2016. 





Clodoaldo Silva é o brasileiro com o maior número de medalhas (entre atletas e para-atletas): são seis conquistas douradas que, somadas às pratas e bronzes, chegam a marca de 13 medalhas em Olimpíadas.
Colecionar medalhas passou a fazer parte da vida desse potiguar. Foram mais 21 medalhas conquistadas em Jogos Parapan-Americanos: cinco em 2003 (Mar del Plata), oito em 2007 (Rio de Janeiro) e seis em 2011 (Guadalajara), além das nove medalhas que conquistou em Campeonatos Mundiais.


              A HISTÓRIA DE UM CAMPEÃO




Clodoaldo Francisco da Silva Correa , nasceu em Natal, no dia 1º de fevereiro de 1979. Por falta de oxigenação durante o parto, contraiu paralisia cerebral, o que acarretou a falta de coordenação motora nas pernas. Até os sete anos andava se arrastando ou sendo carregado pelo irmão. Com essa idade, fez duas cirurgias, aos nove a terceira e aos dezessete fez uma quarta cirurgia. Foi nesse momento que a natação entrou na sua vida. Por recomendação médica nadava duas vezes por semana, no mesmo local onde a equipe de paratletas do Rio Grande do Norte treinava. Um ano depois aceitou o  convite para fazer parte dessa equipe e não parou mais.




Quando começou a treinar com a equipe, sem apoio e patrocínio teve muitas dificuldades.Tinha  uma rotina muito puxada para estudar, trabalhar e treinar. Muitas vezes saiu com seu projeto na mão em busca de patrocínio, mas levou muito "não" pela frente. No entanto foi persistente, enfrentando as adversidades com muita coragem e vontade de alcançar seus objetivos.


 SIDNEY - 2000




Das edições dos jogos Paraolímpicos que participou, Clodoaldo sempre fala com carinho dos jogos de Sidney, em 2000 - a sua primeira olimpíada. onde ganhou quatro medalhas ( três de prata e uma de bronze). Para ele, foi ali, convivendo com atletas de todo mundo que ele se tornou um atleta profissional. Depois de Sidney vieram os patrocínios e ele pode se dedicar com exclusividade à sua atividade esportiva. 


 ATENAS 2004




Em Atenas, nos Jogos Paraolímpicos de  2004, Clodoaldo Silva entrou para a história da natação paralímpica brasileira, como o maior medalhista da modalidade, após conquistar seis medalhas de ouro e uma de Prata, nas oito provas que disputou. O feito lhe rendeu  o apelido de "Tubarão Paraolímpico".


PEQUIM - 2008



Nas Paraolimpíadas de Pequim-2008 sofreu um baque, quando teve sua funcionalidade reavaliada. O atleta, que competia na categoria S4, passou por uma avaliação  funcional e  foi reclassificado. O Comitê Paraolímpico Brasileiro  contestou a decisão, mas teve o recurso negado pelo Comitê Internacional e Clodoaldo ficou sem chances de voltar à antiga categoria. Em nota, na época, o presidente do CPB, Vital Severino Neto, disse que o comitê fica triste com a notícia, já que "Clodoaldo é o atleta mais conhecido e reconhecido da nossa delegação", mas admitiu que a "classificação funcional faz parte do esporte paraolímpico e todos os atletas estão sujeitos a passar por ela". (Os esportes paraolímpicos têm diversos níveis ou classes, que vão de S1 a S10, para classificar as deficiências dos competidores).
Bastante ressentido, se sentindo  injustiçado, Clodoaldo pensou em desistir da competição, alegando não estar preparado para disputar as provas na nova categoria. Mas como a palavra desistência não existe para esse atleta , decidiu encarar os novos desafios e não saiu de mãos vazias: conseguiu duas medalhas de bronze nos revezamentos.

LONDRES - 2012





Clodoaldo participa, nesse momento, a sua quarta Paraolimpíada em Londres - 2012, competindo nas provas de 50, 100 e 200 metros livres, 50m em nado borboleta, além dos 100m em nado peito. Depois da sua reclassificação em Pequim para uma categoria de nível mais elevado, Clodoaldo preparou-se para esse evento, muito consciente das suas capacidades e limitações. "Minha meta, na verdade é melhorar todas as minhas marcas. Se fizer isso, independente de ganhar ou não a medalha, vou ficar feliz da vida" disse em entrevista.
Além de representar o Brasil nas piscinas, Clodoaldo foi o responsável por conduzir a tocha paraolímpica na abertura dos Jogos, junto com a velocista Ádria Santos. Ao tomar conhecimento dessa responsabilidade declarou: “Não irei competir sozinho, levarei comigo os mais de 25 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência. Quero levantar a bandeira dessas pessoas e chamar atenção do mundo para o potencial delas”, disse Clodoaldo. “Quero também servir de exemplo para as pessoas, com ou sem deficiências, verem que tudo é possível com determinação”, completou o nadador.


ENTREVISTA CONCEDIDA AO PROGRAMA CLICK ESPORTIVO






TROFÉUS E HOMENAGENS RECEBIDAS




Em 2005 recebeu do Comitê Paraolímpico Internacional, o Troféu de Melhor Atleta Paraolímpico do Mundo. Nesse mesmo ano, o Comitê Olímpico Brasileiro concedeu a Clodoaldo o Troféu Hors Concours, que é a maior honraria do Prêmio Brasil Olímpico. Somente  dois outros atletas foram agraciados com o título: Os jogadores de futebol Ronaldo, o fenômeno, e Ronaldinho Gaúcho.
Entre as diversas homenagens que recebeu estão o título de embaixador do Pan e do Parapan-americano de 2007, concedido pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN) e escolha pela Soberana Ordem do Mérito do Empreendedor Juscelino Kubitschek como personalidade esportiva de 2006.


HOMENAGEM DA ESCOLA DE SAMBA  GRANDE RIO






Esse ano, Clodoaldo Silva foi um dos homenageados da escola de samba Grande Rio, que este ano contou na avenida histórias de superação.Uma ala composta por 100 pessoas acompanhou o carro alegórico que recebeu o nome do atleta e no qual Clodoaldo foi destaque, numa referência ao esporte paraolímpico brasileiro. 



                          Clodoaldo no"Café da Manhã"do Galo da Madrugada



Em 2011, Clodoaldo viveu experiência semelhante quando Galo de Madrugada, maior bloco do carnaval pernambucano, levou para a avenida o tema "a inclusão social por meio da acessibilidade". O medalhista olímpico foi até o Recife para divulgar esta ideia e, é claro, participar do Galo da Madrugada. "Estou aqui para participar do Carnaval pernambucano e levantar a bandeira da acessibilidade. Hoje vamos divulgar a campanha nacional de acessibilidade, que é uma quebra de paradigmas. Precisamos acabar de vez com o conceito do que é deficiente é um pobre coitado, ele só precisa de mais oportunidades", disse o nadador. 



O TUBARÃO PARAOLÍMPICO - O FILME





O  Documentário sobre Clodoaldo Silva está atualmente em produção. As imagens de "O Tubarão Paraolímpico" começaram a ser captadas em novembro de 2011, durante o Parapan de Guadalajara, no México. Segundo Clodoaldo, a ideia é lançá-lo em janeiro do ano que vem. O filme de André Baseggio e Gustavo Carvalho, conta com o apoio do Comitê Paralímpico Brasileiro.



O CIDADÃO CLODOALDO SILVA



]


Clodoaldo não é apenas um ótimo atleta. É um cidadão consciente da sua responsabilidade social e empresta sua imagem para vários projetos sociais, entre eles o Projeto Social de Natação do Sistema de Federação  das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (FIRJAN), um dos parceiros do atleta, que atende 600 crianças na periferia do Rio de Janeiro. 
Outro grande sonho do Cidadão Clodoaldo é ver em pleno funcionamento o "Instituto Clodoaldo" em Natal/RN. Um dos projetos do Instituto "Mergulho para o  Futuro" atenderá crianças de 7 a 14 anos. O projeto inclui aulas de natação, informática, assistência médica e odontológica, palestras direcionadas à criança e adolescentes, além de cesta básica para as suas famílias.


                                         O palestrante Clodoaldo Silva




Desde que  voltou de Atenas Clodoaldo tem  realizado palestras pelo país. Já foi convidado por mais de 30 empresas, entre brasileiras e multinacionais, para participar de eventos direcionados a seus colaboradores. No total, ele já falou para mais de 10 mil pessoas. Clodoaldo também apresenta vídeos do movimento paraolímpico, pois acredita que não estará somente falando de si, mais representando todos os atletas com deficiência do Brasil.








Clodoaldo foi escolhido, juntamente com a ex-jogadora de basquete, Hortência Marcari, para serem os representantes do "Time Nissan" um programa de apoio a atletas brasileiros  criado pela Nissan (Patrocinadora Oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016), em parceria com  o Comitê Olímpico Brasileiro (COB). O principal objetivo é incentivar jovens promessas do esporte visando os jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016.



RIO DE JANEIRO/2016






Considerado um dos maiores nomes da história do esporte paralímpico brasileiro, Clodoaldo Silva foi o responsável por acender a Pira Olímpica na cerimônia de abertura da Rio 2016. O Tubarão, como é conhecido o nadador, foi o escolhido devido a importância de sua história no desenvolvimento do esporte nacional.
Ele havia sido escolhido através de eleição para ser o porta-bandeira da delegação brasileira. O Comitê Paralímpico Brasileiro, porém, mudou a decisão para que o nadador acendesse a pira.






Fontes:

  • Site Oficial do Atleta Clodoaldo Silva www.clodoaldosilva.com.br
  • Blog do Clodoaldo - clodoaldosilva.blog.terra.com.br
  • Clodoaldo no Facebook
  • Pesquisas Google Site Wkipédia
  • Jornal Tribuna do Norte - Natal/RN
  • Blog do Coach-Momento Olímpico-Sport TV-Globo
  • Sete Oficial dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos -Rio 2016
  • Comitê Paralímpico Brasileiro: <http:/www.cpb.org.br/>

FOTOS:

  • Acervo do Atleta Clodoaldo Silva no FacebooK
  • Acervo do Atleta Clodoaldo Silva no Site: clodoaldosilva.blog.terra.com.br
  • Imagens Google
  • Edição de Foto: Site Pic Monkey

VÍDEO:

  • Entrevista com o nadador paralímpico Clodoaldo Silva para o programa Click Esportivo. Postado no You Tube por: ClickEsportivo1 em 29/05/2012






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...