FOTO DE CAPA

Foto de Capa
Barra de Punaú - por Arilza Soares

papjerimum.blogspot.com.br

SEJA BEM VINDO AO VENTO NORDESTE!

Seguidores

sábado, 15 de setembro de 2012

LENDAS E MITOS DO FOLCLORE NORDESTINO: A CIDADE ENCANTADA DE JERICOACOARA -CEARÁ






A primeira pessoa que me falou dessa cidade  encantada, foi um pescador de  Jericoacoara, quando estive por lá nos idos dos anos 60, mais precisamente em 68. Já não era nenhuma criança para acreditar nessas histórias, mas seu Chico, se não me falha a memória, era esse o seu nome, parecia realmente acreditar  que ali, embaixo daquele farol,  morava uma princesa-serpente, esperando o seu herói para libertá-la. Entusiasmado, ele dizia que lhe faltava coragem para ser sacrificado e salvar a princesa, mas que às vezes sonhava com isso. Por muito tempo  fiquei me perguntado de onde vinham essas histórias tão fantásticas, narradas com tanta convicção! E mesmo que já não acreditasse nelas eu me sentia fascinada por elas. Até hoje, conhecê-las  aguça o  pensamento simbólico que ainda carrego comigo, me traz de volta à infância. 



PRINCESAS-SERPENTES




Princesas tornadas serpentes são vestígios do ciclo das Mouras na penísula ibérica. Em Portugal quase a totalidade das Mouras Encantadas vive sob a forma de serpentes. Nas noites de São João ou Natal, antes da meia-noite, voltam à forma humana, tornadas mulheres lindas, cantam, penteando-se com pentes de ouro. Ao seu lado pode-se ver a pele de serpente à espera do corpo para a continuação da maldição. O ferimento, mesmo diminuto, bastando apenas que derrame sangue, quebra o encanto. A  Serpente, é a forma preferida pela alta e velha magia árabe. As tradições orientais estão repletas de rainhas e princesas que vivem como grandes cobras, sujeitas a uma penitência cujo fim depende dum gesto humano e cavalheiresco. 




A FADA MELUSINA


Em toda a Europa e Ásia, existem relatos muito antigos de vários povos que falam de cidades encantadas, onde moram reis e princesas. A  Serpente, o animal sem idade, o animal sábio, é a forma preferida pela alta e velha magia árabe. As tradições orientais estão repletas de rainhas e princesas que vivem como grandes cobras, sujeitas a uma penitência cujo fim depende dum gesto humano e cavalheiresco Na Europa, por exemplo, em muitos lugares se conhece a tradição de Melusina, a fada amorosa da casa dos Lusignan, que se tornava serpente todos os sábados.




SERRA TALHADA/PERNAMBUCO



No estado de Pernambuco, na cidade de Serra Talhada, antiga Vila Bela, existe uma lenda parecida que também fala de uma gruta encantada onde mora uma princesa serpente.  Outros afirmam que esta gruta, seria na verdade o Reino de Pedra Bonita, que ficava no sítio de Pedra Bonita, na mesma cidade, e onde viveu um povo muito místico e cruel, que para manter o reino encantado e oculto das vistas de curiosos, os habitantes locais sacrificavam crianças cujo sangue puro, mantinha sua invisibilidade. Se isto não fosse feito, o reino se desencantaria e se tornaria visível. Naquele reino existiria uma fabulosa mina encantada de diamantes. 




FAROL DE JERICOACOARA



A lenda da Cidade Encantada de Jericoacoara, provavelmente foi introduzida no Brasil pelos portugueses colonizadores. A princesa enfeitiçada é uma "moura", esquecida em seu castelo obscuro, guardando ouro, joias, pedrarias, barras de prata, montões de moedas, para o herói audacioso que resolva lhe  "quebrar" o encanto. 



A LENDA DE CIDADE ENCANTADA DE JERICOACOARA




Cidade encantada de Jericoacoara, A Princesa encantada de Jericoacoara,  O Reino Encantado, O Reino de Pedra Bonita, são nomes comuns a essa lenda cearense.


Segundo reza a tradição, debaixo do serrote do farol local, existe uma cidade encantada, onde mora uma linda princesa. Perto da Praia, quando a maré está baixa, há uma furna onde só se pode entrar agachado.  Só se pode entrar pela boca da caverna, mas não se pode percorrê-la porque está bloqueada por um enorme portão de ferro.
A cidade encantada e a princesa estariam além daquele portão. A encantadora princesa está transformada, por magia, numa serpente de escamas de ouro, só tendo a cabeça e os braços de mulher.
A linda princesa só pode ser desencantada com sangue humano. Assim, no dia em que alguém for sacrificado junto do portão, abrir-se-á a entrada para um reino maravilhoso. Com sangue será feita uma cruz no dorso da serpente e então surgirá a princesa com toda sua beleza, cercada de tesouros inimagináveis, e a cidade com suas torres douradas, finalmente poderá ser vista. Então. o felizardo responsável pelo desencantamento, poderá casar com a princesa cuja beleza é sem igual nesse mundo..
Mas como até hoje não apareceu ninguém disposto a quebrar esse encanto, a princesa, metade mulher, metade serpente, com seus tesouros e sua cidade encantada, continuam na gruta a espera do seu  herói.



FONTES:


  • Luís da Câmara Cascudo: Geografia dos Mitos Brasileiros -Editora Global - São Paulo-2002
  • Mário Melo: Lendas Pernambucanas - Revista do Instituto Arqueológico de Pernambucano, volume XXIX, Pernambuco - 1930. ( Citação de Câmara Cascudo no livro Geografia dos Mitos Brasileiros)
  • Olavo Dantas: Sob o céu dos Trópicos - Rio de Janeiro, 1938 ( Documentário citado por Câmara Cascudo no livro   Geografia dos Mitos Brasileiros)


FOTOS:
  • Imagens Google
  • Edição de Fotos: Site PicMonkey






5 comentários:

  1. Amei a lenda. essa eu não conhecia e me foi muito útil.

    ResponderExcluir
  2. E viva o nosso imaginário!
    Lindas são as lendas de princesas! Bjs.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...