terça-feira, 14 de agosto de 2012

BAIÃO DE DOIS - UM PRATO DE SUSTANÇA QUE VEIO LÁ DO CEARÁ



Vô juntá feijão de corda, numa panela de arroz...
   Se o baião é bom sozinho, que dirá Baião de Dois!

Ouvir  Luiz Gonzaga  cantando essa música me abre o apetite. Baião de Dois!  Um símbolo da Culinária Nordestina, oriundo de lá do Ceará, mas que é encontrado facilmente em quase toda região nordestina. Pra falar a verdade comida boa não tem fronteira e o nosso Baião de Dois, comida de cabra da peste, de povo valente, é também muito apreciado nos estados do Norte, principalmente no Acre e em Rondônia.


                                          Baião de Dois - Luiz Gonzaga


A origem cearense do prato é atestada pelo folclorista Luiz da Câmara Cascudo, citando como referência a obra de 1940, liceu cearense, de Gustavo Barroso. Não foi difícil portanto, que esse prato logo se espalhasse pelo estado vizinho - o Rio Grande do Norte. Aqui era comida apreciada pelos que trabalhavam nos roçados, ou em busca de gado, quando não podiam vir almoçar em casa.
A escritora e pesquisadora seridoense Maria Marluce Gomes em seu livro "História da Gastronomia  do RN, nos diz como é preparado o baião de Dois em nosso estado.



RECEITA DO BAIÃO DE DOIS EM TERRAS POTIGUARES





  • Feijão de arranca, arroz (da terra ou branco) toucinho, carne de sol (assada na brasa) alho, cebola, cubos de queijo de coalho ou manteiga, cheiro verde e farinha de mandioca.
  • Cozinha-se o feijão na água e sal (se dizia simples, ou escoteiro, sem carne dentro), quando o caroço( o mesmo que grãos para o homem rural)começa a amolecer acrescenta-se o arroz lavado, para cozinharem juntos.
  • Corta-se o toucinho em pedaços pequenos e frita-se na própria gordura, juntando-se a este a carne de sol já assada, também cortada miúda, o alho e a cebola.
  • Quando o feijão e o arroz estiveram cozidos misturam-se as carnes, o queijo e o cheiro verde.
  • Com o feijão ainda fervendo, acrescenta-se um punhado de farinha de mandioca, sempre mexendo para fazer um pirão.
  • O baião de dois é sempre servido acompanhado de banana e rapaduras em pedaços.

UMA RECEITA DE BAIÃO DE DOIS QUE VEIO LÁ DO CEARÁ


                          
                                  
                          Se você for ao Nordeste,
                          Lá pras bandas do Ceará
                          Uma comidinha típica
                          Quero lhe apresentar
                          É o nosso baião-de-dois
                          Garanto que vai gostar.

                          É um saboroso prato,
                          Que vale a pena provar,
                          Tem uma receita simples
                          Até posso lhe ensinar
                          Pois comi muito baião
                          E aprendi a preparar.

                          Pegue o feijão de corda,
                          Sendo verde ou maduro.
                          Cozinhe numa panela,
                          Não deixe mole nem duro.
                          Estando cozido e inteiro,
                          Fica bom lhe asseguro.

                          Numa panela a parte,
                          Refoga com alho o arroz.
                          Estando bem refogado,
                          Jogue o feijão depois.
                          Em seguida ponha água
                          Que baste ao baião-de-dois.

                          Não esqueça de refogar
                          Com a manteiga da terra.
                          Pedaços de queijo de coalho
                          Quem usa a receita não erra.
                          Coentro use a vontade,
                          E assim a receita encerra.
  
                            Receita Tradicional em Versos de Cordel


RECEITA DE BAIÃO DE DOIS À MECEJANA




Essa receita me foi dada por Gerusa, uma cearense arretada, residente  em Mecejana no Ceará, que faz um Baião de Dois como ninguém. Da receita original, descritas no versos do cordel acima, ela acrescentou o paio, o toucinho e a pimenta de cheiro. Fica maravilhosa. Experimente!


INGREDIENTES

  •  1/2 kg feijão de corda
  • 200 g de toucinho defumado
  • 1 paio (cortado em rodelas)
  • 1 cebola grande picada ou ralada
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 pimenta de cheiro amarela
  • 4 colheres (sopa) de óleo
  • 1 xícara de coentro picado
  • 2 e 1/2 xícaras (chá) de arroz
  • 150g de queijo de coalho (cortado em fatias finas)
  •                             MODO DE FAZER

  • Lave o feijão e deixe o feijão de molho de véspera.
  • No dia seguinte, cozinhe-o juntamente com o paio em dois e meio litros de água fria.
  • Tampe a panela e deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 1 hora.
  • Em outra panela, doure a cebola e o alho, no óleo.
  • junte o coentro e o arroz e refogue bem até ficar brilhante e um pouco transparente.
  • Acrescente o feijão e o paio já cozidos, juntamente com o caldo.
  • Tampe a panela e deixe cozinhar até que o arroz fique cozido, úmido e com consistência cremosa.
  • Durante o cozimento do arroz, se necessário adicione água, tomando o cuidado para não deixar a mistura ficar seca.
  • junte o coentro e mexa com cuidado.
  • Cubra o arroz com as fatias de queijo.
  • Tampe a panela novamente e deixe que o vapor derreta o queijo.
  • Sirva, de preferência, em uma travessa de barro. 



FONTES:

  • Maria Marluce Gomes - "História da Gastronomia do Rio Grande do Norte" -Natal/RN-2004
  • Câmara Cascudo - Dicionário do Folclore Brasileiro - Ediouro  Publicações - SP
  • Site Wikipédia - Pesquisas Google
  • Site Culinária Nordestina - Web
  • Receita de Gerusa Alencar ´Mecejana/CE


FOTOS:

  • Imagens Google
  • Edição de Fotos: Site Pic Monkey


VÍDEO:

  • Música Baião de Dois -  Luiz Gonzaga e  Humberto Teixeira - Publicado por "Forrobologia2" - em 01/06/2012


4 comentários:


  1. Minhas papilas gustativas jamais se esquecerão dos capitães de baião de dois da Maria do Ricardo, vizinha da minha infância lá no Acre, e que cozinhava que era uma maravilha.
    Gilberto Pereira

    ResponderExcluir


  2. Adoro!!!!!!Preciso ir até a Adega da Velha em Botafogo comer um Baião de Dois....
    Gisele Cohen

    ResponderExcluir
  3. o povo nordestino e bom igual a essas comidas,kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkevanilson,bela vista .macau.rn

    ResponderExcluir
  4. Que lindo o seu blog, amiga. Sou cearense e visitei a sua terra Natal há pouco tempo... Muito linda!! Adorei!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...