FOTO DE CAPA

Foto de Capa
Barra de Punaú - por Arilza Soares

papjerimum.blogspot.com.br

SEJA BEM VINDO AO VENTO NORDESTE!

Seguidores

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

CARNAVAL EM NATAL - QUEM DISSE QUE NÃO? RESGATANDO O CARNAVAL DE RUA



Nos últimos anos a Cidade de Natal vem tentando resgatar o seu Carnaval, acabando com a fama de que aqui não existe tradição nas comemorações desse tipo de evento. Na verdade o que não existia era uma  Programação Oficial e incentivos para a realização da festa no reinado de momo. Durante muito tempo a maioria dos foliões ( diga-se da clássia média) deixava a cidade nesse período, em busca de destinos como as praias de Pirangí no litoral Sul, Barra de Maxaranguape no litoral Norte ou mesmo cidades como Macau e Caicó   e  outros locais onde o Carnaval ganhou fama. Mas o carnaval  nunca deixou de existir para o povo natalense. O carnaval popular com "blocos de sujo", "tribos de índios", "papangus", e até "escolas de samba" continuaram ali, presentes na alma e na alegria do nosso povo, brincando ao som de tambores, latas, e tamborins.
A invasão do "axé" na nossa cidade, após a consagração do famoso carnaval fora de época - o carnatal, descaracterizou  mas não acabou o nosso carnaval, tradicionalmente realizado e embalado ao som de marchinhas, sambas e orquestras de frevo.



                           


Hoje a cidade conta com uma programação diversificada, organizada pela prefeitura, através da Capitanias das Artes, e distribuídas em polos carnavalescos. Dá para se divertir com blocos animados como "Manicacas no Frevo" (na Cidade Alta) "Poetas e Carecas" "Bruxas e lobisomens" (em Ponta Negra) "os Cão" (na Redinha),  brincar à moda antiga no  "Baile de Máscara" (em Petrópolis) , morrer de rir no desfile da Kengas, (no Centro) apreciar o desfile das escolas de sambas e dos nossos blocos representando as tribos indígenas, (na Ribeira) ou ainda participar do animado carnaval no Centro Histórico.


O BAILE DE MÁSCARA


O Baile de Máscaras completa nesse carnaval de 2012,  a sua 19 ª Edição. Realizado ao ar livre, no cruzamento da rua Seridó com Campos Sales, em Petrópolis (largo do Atheneu) o baile revive os carnavais, de antigamente. No palco armado a banda de frevo divide as atenções com apresentações de artistas locais. As pessoas fantasiadas com suas máscaras, que resgatam  as origens carnaval de rua onde as fantasias e a criatividade ditavam as regras.


OS PAPANGUS





O bloco "Us Papangus" resgata a irreverência da festa carnavalesca, revivendo as figuras anônimas e animadas dos "papangus" que faziam a festa nas ruas dos bairros mais populares da cidade. "Us Papangus"  é puxado pelo Projeto Artístico Percussivo Pau e Lata do maestro Danúbio Gomes, com uma parceria da Brinquedoteca Itinerante e Popular. O bloco de tradição na Redinha*, abre o carnaval de 2012, se apresentando no baile de Máscaras. No itinerário, sai da comunidade Alto do Juruá em Petrópolis, passa pelo Mercado Público e chega até o Largo do Atheneu onde se junta aos foliões do Baile de Máscaras.
* Na Redinha  "Us Papangus" é coordenado pelo ativista cultural Edílson Mano.



POETAS, CARECAS, BRUXAS E LOBISOMENS




Animados pela banda Xico no Frevo os foliões do bloco "Poetas, Carecas, Bruxas e Lobisomens", saem às ruas de Ponta negra, com seus bonecos  gigantes. O Bloco tem por tradição valorizar os elementos da cultura popular. Os bonecos gigantes composto por enfeitados (Galantes), mascarados (Birico, Mateus,Catirina) e o Boi. Esse ano um  novo  boneco fez parte do elenco do bloco: O Jaraguá. A concentração do bloco, acontece na Praça da Praia de Ponta Negra, sempre animada com o show da banda "Perfume de Gardênia". O percurso termina no Praia Shopping, esse ano com o show da cantora potiguar Khrystal.
Outros blocos animados tomam conta das ruas de Ponta Negra:,nesse carnaval: "Carnaritmos". "Suvaco do Careca", "Fiquei Porque Quis". "Carnavila", "Resistência da Lata". Na quarta- feira sai o "Bloco da Ressaca"



CARNAVAL NO CENTRO HISTÓRICO






No Centro Histórico os foliões fazem a  festa na sexta-feira e no domingo. Na sexta- feira circularão pelas ruas da Cidade Alta os blocos Cabeça Feita, Big Rider, Bloco da Amizade, Manicacas do Frevo e a Troça do Zé. Um baile à fantasia, no Palácio da Cultura, a partir de 20 horas, encerrará a programação da sexta-feira. No domingo, o carnaval no Centro apresentará o desfile das Kengas, na confluência das ruas Ulisses Caldas e Vigário Bartolomeu.



MANICACA NO FREVO




Há sete anos o Manicaca no Frevo desfila no carnaval do Centro Histórico. O irreverente bloco começou como uma brincadeira. Segundo o jornalista Alex Gurgel, os produtores Júlio Cesar Pimenta e Dorian Lima, com o artista Plástico Fábio Eduardo  sempre precisavam abandonar os serviços etílicos do Beco da Lama para ir pegar os meninos na escola, a mando das esposas. Dai surgiu a ideia de criar o bloco em homenagem a todos os manicacas que conseguem autorização para cair na farra.
Nos primeiros anos o bloco saia junto com a Banda Independente da Ribeira, mas desde 2008 passou a abrir o carnaval do Centro Histórico. Esse ano a concentração será no Bar Reiera, ao lado da UFRN/Centro, de onde partirá o desfile do bloco pelas ruas do Centro ao som de uma Orquestra de Frevo, até a Pinacoteca ( Antigo Palácio Potengi )
"Que ousadia foi sair na sexta-feira / Deixando a louça e a cozinha arrumada / Cai no frevo e só voltei na quarta-feira / Trazendo a minha desculpa esfarrapada / Carro quebrou, fiquei preso no engarrafamento / Mulher não é mentira, pode ligar pra casa do professor Bira / Quem pode manda, obedece quem tem juízo /É melhor ser manicaca, pois a mulher já deu o aviso / Não, não, não, não, não / Não venha com o rolo de macarrão".                                                                                          
                                                                         ( Hino do Manicaca no Frevo )


AS KENGAS

                     Katarina - Rainha das Kengas 2012


A mais irreverente, debochada e ousada banda do carnaval potiguar, "As Kengas", fundada em 1983, desfila nas ruas da cidade, animando o Carnaval por 29 anos. No primeiro ano que foram as ruas elegeram a primeira Rainha das Kengas, ficando tradicional a eleição nos anos seguintes, quando todos usam sua criatividade para conquistar o título máximo da irreverência. Em 1989 realizou seu primeiro baile - o Baile das Kengas. O sucesso do baile foi grande e até hoje se mantém como tradição no carnaval natalense. Esse ano o baile será realizado na boate Vogue e será animado pela Orquestra de Frevo " Dom Cardoso e seus Metais






Além dos Polos Carnavalescos da Redinha, de Ponta Negra.  do Centro Histórico da Cidade e da Ríbeira, a Prefeitura incluiu os bairros das Rocas e do Alecrim como polos Carnavalescos nesse Carnaval 2012.


Polo Carnavalesco das Rocas



Nas Rocas, a animação promete ser contagiante. O carnaval de rua vai tomar o bairro de assalto nos quatro dias de folia com o batuque de troças e blocos. No palco, a galera vai poder curtir o som da Orquestra de Frevo, das bandas Traz a Massa e Nova Sensação e do cantor e músico Kiko Chagas.


Polo Carnavalesco do Alecrim


"Cheiro do Alecrim", "No Kengo Tem", "Piratas do Rifoles", "Caixa D'Água","Recordar é Viver"  e "Psyu" são algumas das atrações programadas para o carnaval de rua do bairro do Alecrim. Careca dos Teclados e Jorge Luiz e banda farão a animação no palco.


FONTE:

  • Jornal Tribuna do Norte - Natal/RN
  • Jornal Diário de Natal - Natal/RN
  • Pesquisas Google - Site de Divulgação do Carnaval  de Natal
FOTOS:
  • Imagens Google
  • Acervo de Canindé Soares - Fotógrafo Potiguar
  • Edição de Foto: programa Pic-Nic- Yahoo/BR

                



6 comentários:

  1. Edi Germano
    Em Natal tem carnaval e dos bons! alegria geral!
    há 6 minutos no facebook

    ResponderExcluir
  2. Lembra dos "assaltos" dos blocos, nas casas? Lembro do bloco LUNIK, "assaltando" nossa casa, quando morávamos na Alexandrino de Alencar, um dos componentes era amigo do meu pai, na casa da Boa Vista, não me lembro se teve al
    Eu gostava mais daquele tempo, ingenuidade e simplicidade andavam juntas.
    Eduardo de Souza - Rio Branco/Acre Via E-mail

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembro do LUNIK, PSYU, CHEGA MAIS, CHEFÕES, SACA ROLHA, PUXA SACO,ALAMBIQUE, JARDIM DE INFÂNCIA, JARDINEIRA, ZAMBY, NOBRES, BACURINHAS, KISSARIS, E OUTROS TANTOS QUE NÃO ME LEMBRO AGORA.

      Excluir
    2. Como fico feliz quando leio comentários desse tipo que só acrescentam as informaçoes. Muito obrigada Orlando Bezerra Peixoto Casado, Espero ter o prazer de encontrá-lo novamente comentando o Vento Nordeste,
      Um grande abraço -ArilzaSoares

      Excluir
  3. O bloco "PSYU" é o bloco mais antigo de Nata/RN, fundado na potilândia em 1978, hoje há 15 anos no bairro do Alecrim, com 300 foliões, bloco sai todos os anos com um trator e 3 carroções, transformados em alegoria, orlando-peixoto@hotmail.com.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bloco "PSYU" sai da av> P. Sarmento, 615, cons. comunitario do Alecrim durante os 04 dias de Momo. Publico que participa deste evento 2000 pessoas.

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...